quarta-feira, 5 de setembro de 2012 Tags: 8 comentários

Starters - Lissa Price

E se você tivesse 16 anos e seus pais não estivessem mais vivos? E se todas as pessoas entre 19 e 60 anos morressem em um ataque ocorrido em uma guerra que devastou os Estados unidos? É esse o plano de fundo de Starters: um futuro no qual as crianças, adolescentes e idosos só estão vivos por causa da imunização que o governo fez na população mais vulnerável antes desse ataque. E quando digo idosos são idosos mesmo. Nesse livro a tecnologia está tão avançada que as pessoas conseguem chegar tranquilamente aos 150 anos. Os menores de 19 anos que têm os avós vivos podem ir morar com eles. Já os que tiverem a infelicidade de estarem sozinhos no mundo vão para as Instituições, quase prisões.

Só que ninguém quer ir para esses lugares. Então crianças e adolescentes que consegue fugir dos Inspetores vivem na escuridão das cidades devastadas dos Estados Unidos. Vivem sempre alertas esperando a chegada dos Inspetores, quando eles devem fugir e encontrar outro prédio abandonado para se abrigar.

E é nesse cenário que vive Callie, uma menina de 16 anos (uma Starter) que morava com os pais e o irmão mais novo Tyler em Beverly Hills, antes da guerra. Agora os irmãos estão sozinhos, sempre fugindo, sem dinheiro e tentando sobreviver com o que encontram pelo caminho. Só que ela está cansada de viver assim. Querendo uma nova vida para ela e seu irmão que tem a saúde debilitada, ela resolve ir até uma empresa chamada Prime Destinations. Só que não é uma empresa qualquer. Os adolescentes que vão trabalhar nela deixam de lado sua vida e seu corpo. A Prime Destinations aluga corpos. Isso mesmo: os jovens dão o seu corpo para que a empresa alugue-os para os idosos que estão cansados de viver com limitações de saúde e querem se divertir (lembrando que os idosos nesse livro vivem mais que 150 anos). Enquanto os Enders (como são chamados os idosos) usam os corpos, os jovens "dormem". E eles podem usar o tempo que quiserem.

Quando Callie se candidata nessa empresa, logo em seguida já é escolhida por uma Ender chamada Helena. Só que a Prime Destinations não disse que ela iria "dormir" por um mês. Mesmo contrariada, ela resolve aceitar pois precisava muito do dinheiro. Mas ela não sabe os planos que Helena tem com esse "aluguel". E tudo muda quando ela acorda na vida de Helena. E o pior: a voz da Ender que ela abrigava em seu corpo agora está na sua cabeça, e essa voz quer que ela dê continuidade ao seu plano.


Veja minha opinião clicando em Ver mais.


Eu queria ler esse livro antes dele ser lançado no Brasil pela Editora Novo Conceito. Vi ele no Good Reads e por curiosidades (e sem nenhuma esperança) fui pesquisar se já tínhamos ele no Brasil. E foi uma mega surpresa descobrir que ele iria ser lançado aqui apenas 3 meses depois de ser publicado lá nos EUA. Então fiquei super ansioso para seu lançamento. E como eu ia fazer uma mega compra na Bienal, deixei para compra-lo lá. Na 22ª Bienal Internacional de São Paulo Starters estava em mega destaque no estande da Novo Conceito. Tinha uma pilha enorme de Starters e um livro gigante, até tirei foto com ele. 

Bom, agora falando do livro. É muito legal! Sério, se você é fã de Jogos Vorazes, você vai AMAR! O ritmo é da forma que eu gosto: frenético. Tem alguns capítulos que são mais calmos, mas até esses passam rápido.  E essa é  palavra que define esse livro. Você lê muito rápido!

Eu fiquei muito conectado com o sentimento que existe entre a Callie e seu irmão Tyler. A forma como ela fala do irmão dela é muito bonita. Ela está sempre preocupada e fica sempre se culpando por abandonar ele pra poder trabalhar na Prime Destinations. E é com a Prime que eu fiquei com uma ambiguidade de sentimento. Na verdade com os funcionários dela. E eu não posso falar muito porque estraga toda a graça do livro.

Outra coisa que é bom destacar é a forma como alguns Enders pensam do corpo dos Starters. Para eles não passam de um objeto. Como um carro que você aluga quando viaja. Você pode bate-lo, suja-lo e depois devolver para a empresa que o alugou pra você pagando uma multa. E para eles é assim: eles podem fazer coisas perigosas com os corpos que alugaram, machuca-los e depois devolve-los pagando uma multa. Não enxergam como pessoas.

Eu vi algumas pessoas dizendo que esse livro tem falhas. Realmente, quando você está lendo encontra várias  falhas. Mas a leitura vai fluindo e todas elas são resolvidas. A autora não explica claramente que o que aconteceu em tal página explica a outro acontecimento naquela página lá atras. Você que tem que pensar um pouco. E foi isso que me fez gostar desse livro. Quando acaba você fala: "Mas e aquilo que aconteceu naquela página? Isso é uma falha" mas aí você pensa um pouco e percebe que o que aconteceu faz total sentido.

Só uma coisa que me deixou pensando. O serviço prestado pela Prime Destinations é ilegal. Eles alugam os corpos escondidos do governo. Só que muitos Starters se prestam a esse serviço e muitos Enders usufruem dele. Então como é uma coisa escondida se quase todos sabem sobre? Então isso é uma falha? Pode ser. Ou  não. Veremos se vai ter alguma explicação nos próximos livros.

Ainda não sei se é uma série de muitos livros ou uma trilogia. O segundo livro, Enders, não tem data prevista de lançamento. Na página do Good Reads desse segundo livro está dizendo que o lançamento é para 2013. Mas se for ver os comentários da pagina alguns dizem 11 de dezembro de 2012. Como nem sinopse o livro tem ainda não podemos concluir nada. Se vocês ficaram interessados mas querem dar uma olhada antes, leiam o e-book "Retrato de uma Starter", que é uma introdução ao livro Starters. É só acessar o blog da Novo Conceito e fazer o download gratuitamente.

PS: Esse livro daria um MARAVILHOSO filme!!

8 Response to Starters - Lissa Price

5 de setembro de 2012 15:40

Olá Lucas, tudo bem?
Estou terminando de ler Starters e penso um pouco diferente de você. Encontrei várias referências a Jogos Vorazes, acredito que alguns fãs não vão gostar do livro de Lissa Price. A autora não explica alguns pontos. Como você escreveu, alguns fazem com que o leitor penso sobre o contexto, mas mesmo assim muitos pontos ficaram aberto. Achei o ritmo do livro mais lento, mas a narrativa é muito boa (mesmo com as falhas de revisão). No geral e já nas últimas páginas, é um livro que gostei muito.

Beijo!
- Nine
"Estante da Nine"

6 de setembro de 2012 01:49

primeiro muito obrigada por visitar e comentar no meu blog, eu adorei sua resenha eu realmente tinha dado um tempo de livros de distopia e não sabia se iria ou não ler Staters mas estou curiosa para saber qual é o plano da Helena parabéns pela resenha, beijos t+.

6 de setembro de 2012 01:55

Muito legal sua resenha! Estou para ler este livro, mas agora que organizei minha fila de livros, ficou bem mais tranquilo.

Adorei o blog e quero saber todas as novidades! Já estou seguindo. Espero que curta o meu!
http://www.pronomeinterrogativo.com

6 de setembro de 2012 13:11

Oi, Lucas!
Eu também comprei "Starters" na Bienal! Estava curiosa e não resisti haha
Já li e comentei também e não concordo com você em algumas coisas...
Por exemplo, tem muita coisa extremamente "parecida" com as que acontecem em "Jogos Vorazes", então acho que os fãs não vão gostar, não (falo por mim, claro, já que não dá pra saber o que os outros vão pensar haha).
Poxa, não tenho como concordar que as falhas são resolvidas. Claro que tem alguns pontos que sim. Só que, pra mim, o livro chega a ser uma peneira, de tantos buracos que sobram rs (espero que você não me entenda mal, nem fique bravo comigo, é só a minha opinião).
Mas a leitura realmente flui bem! E o final realmente me deixou curiosa e com vontade de ler o próximo :)
Beijo

6 de setembro de 2012 16:41

Ainda não li esse livro, mas nem tenho muita vontade :\ Não estou muito no clima de distopias. Mas sobre o que você falou das falhas na história, como não li, penso que tanto podem ser falhas mesmo e também podem ser buracos que a autora quis deixar para resolver nos próximos livros. Aí tem que ver se a série é boa o bastante pra continuar lendo, né? :)

6 de setembro de 2012 18:36

Ainda não li o livro, mas me chamou bastante atenção por ser um livro com uma pegada sobrenatural. Gostei bastante da sua resenha, aumentou minha vontade de lê-lo.
Eu o leria sem problema nenhum, digo isso, devido aos comentários sobre ser parecido com JV.

Blog: De cabeça para baixo.

7 de setembro de 2012 14:29

Eu conheci Starters pelo Net Galley. Já tenho o livro para ler, mas ainda não comecei porque tenho uma pilha imensa de livros "na fila". Mas parece ser uma leitura bacana.
Obrigada pela dica.
Beijos.

7 de setembro de 2012 18:24

Tô pra ler esse mês ainda, comprei na Bienal, aquele livro gigante era lindo! Geralmente "primeiros livros" de séries sempre deixam umas pontas soltas pra resolverem depois... nem considero esse tipo de coisa falha, mas às vezes pode irritar um pouco.

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Não esqueça de deixar seu Nome e seu blog/site ou e-mail para que eu possa responder seu comentário, e lembre-se: educação SEMPRE!